18

A Experiência Amtrak: Viajando de trem pelos EUA

Posted by Luna on August 29, 2012 in Experiências, Passeios, Viagem, Washington DC |

Enaquanto na Europa é super comum se usar trem pra cima e pra baixo, principalmente para se locomover por longas distancias de um país pro outro, nos EUA prevalece as roads trips.

São estradas e mais estradas abertas por todo o país, te dando a possibilidade de cruzar os EUAs inteiro de carro. E esse é um dos motivos que a viagem de trem pelo os Estados Unidos não é nem um pouco popular (assim como no Brasil).

Pelo fato do país se sustentar a base de carros, as auto estradas são tão perfeitas, que grandes viagens acabam sendo feitas no conforto do carro, uma vez que os americanos cresceram com essa cultura de carro e tem uma tendência natural de rejeitar o transporte público.

Viajar de ônibus também é bem mais em conta, você paga em torno de 25 dolares para ir até DC, pelo megabus, saindo de Manhattan, por exemplo. Claro, pois como comentei, as estradas são muito mais usadas por eles.

Por isso que não é hábito por lá cruzar o país de trem, e os preços de passagens de trem não são nem um pouco convidativos, saindo às vezes tão caro quanto uma passagem de avião.

E foi por isso que todo mundo se surpreendeu quando eu disse que iria para DC de trem, e acho que acabaria sendo uma das poucas au pairs que teve a experiência amtrak.

Aproveite a viagem

Eu sempre quis fazer uam viagem longa de trem como nos filmes ,sabe? Bem naquele estilo “Quanto Mais Quente Melhor”. Na minha mente, cruzar Estados de trem seria o cúmulo de glamour :) (que besta que sou ¬¬)

E junta também o fato que aqui na terrinha, isso nunca foi possível já que não existe malhas ferroviárias cortando o Brasil (acho que o Brasil abriu as pernas para o American Way of Life achando que estradas e carros seriam a solução dos nossos problemas).

É sábido que num país com vasta imensidão como os Estados Unidos, o mais adequado para transporte de carga e passageiros seria o trem e não estradas, e esse modelo de cada um tem seu carro está provando cada vez mais ineficaz com o passar do tempo. A população cresce e vai ter uma hora que ficará inviável que cada pessoa tenha um carro porque simplesmente não não vai se ter aonde enfiar. Fora os engarrafamentos absurdos que já existem por aí (alou São Paulo).

Mas pelo visto, os Estados Unidos não estão dispostos a abrir mão do seu american way of life, e continuam indo contra a maré. A Europa por exemplo, está investido horrores em transporte de massa bom e eficiente, e viajar de trem lá não é nada do outro mundo.

Mas voltando para a minha experiência…

Enfim, eu tinha combinado que iria para DC, mas que na verdade ficaria na casa da Laís que mora em Farfaix, Virgina, tipo uns 30, 40 min de Washington DC. Eu iria dar um jeito de chegar na estação/rodoviária em DC sozinha, e como ela estaria trabalhando, ela me daria as direções para eu chegar na estação do metrô dela e lá que ela me pegaria.

A primeira vez que eu tinha comprado as passagens pra lá foi pelo megabus, e paguei uma pechincha, acho que 24 de ida e uns 19 e tanto de volta. Eu sei que ida e volta não custaram mais que 50 obamas, e saía ali de Manhattan. Bom, eu morava em New York então tava beleza.

Mas aí não rolou, eu entrei em rematch e aquele drama todos que vocês conhecem, e tive que adiar. Dessa outra vez, não ía ter erro, eu iria pronto e acabou! Como eu sempre trabalhei em feriados e finais de semana, o jeito foi pegar a outra metade das férias que eu tinha direito e quebrar, emendando com um final de semana, o que me daria um tempo razoável para poder *curtir* DC.

Sairia numa quinta feira, e retornaria numa segunda. Aí tava lindo demais, só faltava comprar as passagens.

Fui lá toda faceira entrar no site do MegaBus para comprar os tickects de novo só pra descobrir que não tinha saída de ônibus de New Jersey (e foi aí que comecei a entender toda a má fama de NJ). As paradas mais próximos eram de Manhattam ou da Filadélfia.

Great! Manhattam estava há 1:30h de distância de mim e eu teria que pagar uns 40 dolares pra pegar um outro ônibus pra chegar lá. Fora que Manhattan fica no lado oposto da direçao de DC. E Filadélfia era longe também…

Foi aí que tive a idéia de procurar por linhas de trem, e descobri a amtrak trem. A amtrak é a empresa que fornece serviço de trem pelo país inteiro. A malha ferroviária da amtrak está espalhado por todo os Estados Unidos de leste, oeste, norte ao sul.

o sistema de linha amtrak

Oba! Achei a oportunidade de fazer uma viagem de trem. Tudo bem que a distância nem era lá essas coisas, 3 horinhas de NJ até a Union State em DC. Mas seria uma viagem de trem, com vagão de cafeteria, e essas coisas que só tinha visto em filmes (Yey!).

E também foi aí que descobri que a amtrak tem todo um histórico e é até ligeiramente famosa. Muitas histórias citam a amtrak, e inclusive 2 livros que eu estava lendo no momento faziam menção a essa linha. O próprio Símbolo Perdido comenta sobre o amtrak.

o trem amtrak

E a coincidência de todas: eu estava no meio da viagem já no trem lendo a Biografia do Paulo Coelho (abafa), quando eu estava passando por uma das Estações de New Jersy chamada Elisabeth. Quando o autor está narrando a experiência do próprio Paulo Coelho andando de amtrak trem nos anos 70, fazendo justamente o caminho oposto ao meu: DC para New Jersey. E ele vai descrevendo como ficou impressionado.

Muito legal poder ver a narração e impressão do cara pois era só eu levantar o rosto  e ver que o que eu estava lendo estava alí bem na minha frente, inclusive passando pela mesma estaçao que ele comenta a Elisabeth. Enfim ,estava eu ali tendo a mesma experiência que o Paulo Coelho só que  com uns 30 anos de diferença.

Mas voltando… enfim então entrei no site da amtrak pra comprar meus tickets, e OUCH! Aí entendi o porque que não é muito popular se andar de trem naquele país, a passagem é bem carinha. Mas bem carinha meeeesmo. Mais um pouquinho e eu iria de avião.

Mas como dizem por aí, tá no inferno abraça o capeta, e resolvi me dar de presente essa experiência de cruzar alguns estados de trem, mesmo sabendo que de ônibus saía mais barato.

amtrak logo

Juntei as duas coisas: o fato de ter estaçoes em New Jersey e daí não precisar ir para Filadélfia ou Manhattan, e o fato de eu querer muito, mas muito mesmo viajar de trem. Comprei as passagens e foi uma das coisas mais legais que fiz!

Comprando as passagens pelo site da amtrak:

Para comprar as passagens você vai no site da amtrak e agenda seu dia, o destino e o tipo de passagem que você quer ( se econômica ou executiva). Aí faz o mesmo processo com a passagem de volta.

Finaliza a compra normal, e vai sair um comprovante pra você pelo seu e-mail com um código de barras. Você tem que imprimir esse comprovante com o código de barra. Tem tudo isso explicado lá no site mesmo e na sua própria conta (depois que você faz o cadastro e agenda sua viagem).

No dia da viagem é só levar seu comprovante impresso, parar numa das maquinas da amtrak para poder imprimir sua passagem. Se você preferir, pode morrer em mais 15 dolares para que sua passagem seja entregue em casa. 15 dolares???? Não obrigada, melhor descobrir como se imprime esse troço!

Fora que eu já tinha morrido com um seguro viagem na hora que comprei a passagem (custou 8 obamas e resolvi prevenir, já que já tinha perdido as passagens compradas pelo MegaBus).

as máquinas da amtrak

Quando eu cheguei na Penn Station, a estação que meu trem sairia em New Jersey, a primeira coisa que fiz foi procurar uma dessas maquininhas.

Elas são super fácil de usar. Basta passar o código de barra que você imprimiu e aparece na tela suas passagens. Aí é só mandar imprimir and done!! (não acreditei que tem gente que está dispoto a pagar 15 dolares para não se ter esse trabalho).

Com o que sobrou do ticket impresso

E depois me bateu um pânico geral! Na verdade minha estação seria a Estação do aeroporto de Newark, que eu tinha procurado, procurado e procurado e não tinha achado. Fofa estava comigo, como ela sempre  fazia quando tinha que me dar carona, eu dirigia e ela ficava lá olhando o telefone dela.

A gente rodou o raio daquele aeroporto inteiro e não achamos. Inclusive fofo que trabalhava na amtrak não sabia dessa estação. Então ela me convenceu a ir na Penn Station, que ficava lá no centro de Newark. Então tá, fui com o c* na mão porque eu tinha comprado passagens da estaço do aeroporto.

Depois de estar com as passagens impressas, eu procurei um guichê da amtrak e a mulher me informou que sim, era uma outra estação mas que tudo bem eu pegar dali da Penn Station mesmo, que não iria interferir em nada porque na verdade, meu trem saía de New york e passaria por ali ( a estação do aeroporto de Newark seria a próxima).

Então fiquei lá esperando. A Penn Station me lembrou um pouco a Central do Brasil, a estação de trem principal aqui do Rio. Suja, com gente má encarada, cheia de mendigos e pedintes, bem diferente da Grand Station.

Fiquei esperando marcar o track que sairia meu trem (num painel que nem era digital) e me dirigi pra lá. Gente que emoçao!! Quase morri de felicidade quando ouvi um cara gritar ALL ABOOOOAAARD!! Sim, eles gritavam isso :) Me senti no Expresso Polar :)

Pra variar eu estava com minha carry on e não precisei despachar mala. Foi só entrar  no trem literalmente de mala e cuia.

Procurei uma poltrona vazia e me acomodei. Logo passou um cara pra conferir minha passagem. Esse mesmo cara ficava gritando qual seria a próxima estação.

Andar de trem é muito mais confortável que ônibus e avião, sem dúvidas. As poltronas são grandes, confortáveis e reclináveis com aquela mesinha pra você poder comer ou ler um livro ou ficar no computador.

dentro do amtrak trem

Os vagões são divididos em coach, o vagão da classe econômica, e business, o vagão com a galera mais chiquetê. Também tem o vagão refeitório (sei lá como se chama) que você compra comida e hang out também e o vagão bagageiro.

Bom que durante a viagem  você pode ficar pra lá e pra cá no trem (diferente do ônibus que não tem espaço e do avião que não é seguro), esticar as pernas dar um pulo no vagão cafeteria e de quebra, admirar a paisagem (principalmente em Filadélfia e Baltimore)

dentro do trem amtrak

A viagem demorou um pouquinho mais do que o previsto porque tinha  alguma obra no caminho, mas foi tudo tanquilo (eu tava de férias, longe da fofaiada e nada iria tirar meu humor :P ).

Umas 4 horas depois (era pra ter sido 3 horas), eu chegava na Union Station, em DC, destino final que BTW, também é a sede da amtrak.

Union Station em DC, sede da amtrak

Apesar de estar um pouquinho fora do orçamento, eu achei bem válida ter essa experiência amtrak. Achei o máximo poder ter cruzado o estado de trem como eu sempre quis. A viagem é bem prazerosa e confortável. Não me arrependo nem um pouco, muito pelo contrário.

Pena que não tirei nenhuma foto, todas essas fotos que ilustram o post de hoje foram devidamente roubadas por aí.

Só uma curiosidade para acabar o post, amtrak é uma junção das palavras “America e Track” :)

Beijos pra quem fica!!

Ps.: Se interessou? Então entra no site da amtrak http://www.amtrak.com/home

Ps2.: Comentei que tinha wifi no trem? Pois é…

 

 

 

Tags: , , , ,

18 Comments

  • Carol says:

    lindo Luna!
    especialmente a parte da impressao do ticket, pq vou pegar um bus baltimore – DC mes que vem (a 1h da manha, detalhe), entao ja estou preparada! ;p
    bjao

  • joao alberto says:

    Olá b0a n0ite! Luna em mjaneiro vou ao estados unidos e pretendo conhecer muitas cidades e o transporte que estou escolhendo é o trem. Gostaria que vc me informa-se qual é o melhor meio para se comprar os bilhetes se pela interne ou nos guiches da Amtrak, caso seja pela internet será possivem comprar com cartão de credito do Brasil? Enfim me d~e umas dicas.

    • lunacfc says:

      Olá,

      entâo pela internet é mais garantido que vc tenha as passagens. As vezes na hora pode estar lotado, eu sempre prefiro prevenir. Pela internet vc pode cuidar detudo. Agora sobre o cartõ… olha isso eu não sei, porque como eu morei lá eu comprava com meu cartão de lá mesmo. Imagino que se for cartão internacional, deva ser ok.
      Pra vc ter certeza. só ir no site da amtrak, lá deve ter esse tipo de informação :)

  • Richard Foster says:

    Estou com probleminhas aki nos States, tentei fzr meu application pra mudar status do meu visto e me negaram, me deram 30 dias após a resposta deles pra sair do pais, e me disseram q estou out of status (que vc já imagina o q é né?), então, recebi a resp esses dias e gostaria antes d partir, visitar a Florida e algumas praias, tenho amigos americanos q estão à me esperar, porém não quero correr o risco de pegar um avião e enfrentar problemas, pois já estou out of status. Me diz, você acha que conseguiria pegar um trem tranquilamente até a Flórida sem correr o risco de alguém ver a minha data de retorno, que já está expirada a alguns meses, pois eu estava em processo de aguardo da resposta da imigração para trocar meu status de visto. Please let me know as soon as possible!! Obrigado se quiser responder por email agradeço!!

    • lunacfc says:

      Olá,

      Olha não sou especialista nisso mas vamos lá. Pela minha experiencia, nunca vi ninguém olhar visto no trem não. E digo mais, tamb~em nunca vi ninguem olhar visto em voos internos nos EUA. Por tanto acho ate que se vc quisesse fazer esse percurso voando nao teria problema. Claro que se vc nao quiser arriscar, porque o seguro sempre morre de velho, o trem é uma opção certa!
      oa sorte aí!

      • Richard Foster says:

        Muito obrigado pela sua contribuição, me ajudou muito! Só mais uma pergunta, meu único meio de identificação seria o passaporte, por tanto eles vão olhá-lo de qualquer forma certo? Quem olharia isso? um funcionario do balcão ou algum federal, como nos aeroportos? Ppensei em tirar meu I-94 e dizer q o perdi se alguém perguntar por ele, pelo menos amenizariam as coisas.
        Adorei ler sua história…hahaha voce é muito divertida e qto aos preços, realmente, trem não é nenhum pouco convidativo!!

        • lunacfc says:

          até aonde eu saiba, dependendo do voo voce vai até fazer check in sozinho. na united por exemplo, se vc nao precisar despachar mala, vc faz seu check numa máquina sozinho.
          Os funcionários da companhia aerea estão ali pra ver sua identidade e não acho que olham pra ver ser o visto expirou. Não sei te explicar melhor porque como minha papelada estava roda certa, eu nem me preocupar com isso.

          De novo, não acho que daria maiores problemas… mas né… boa sorte em todo caso!

  • Richard Foster says:

    Thanks so much, but I decided to get a train so it’ll be safe I think…anyway we never know hu?

  • Fátima says:

    Olá Luna
    Eu quero viajar de trem de Washington – Baltimore, dp para Philadelphia, dp boston, dp New York porem irei de cadeira de rodas dobrável, vc viu algum cadeirante viajando? Eu ando mas para viajar (andar muito) a lesão do meu joelho doi muito.
    Muito obrigada! Adorei suas informações, valeu!
    Abraços

  • Maraisa says:

    Oi Luna! Tem bastante tempo esse seu post, nem sei se ainda moras nos EUA. Mas vê se vc pode me tirar uma duvida. Eu comprei passagens de trem pela amtrak e em dois trechos diz que não há a politica de “checked baggage”. Pelo o que eu entendi, eu apenas poderei levar bagagens de mão.Será isso mesmo? Sendo que como estarei saindo de Nova York e descendo a costa dos EUA eu terei pelo menos uma mala média. Se for, o que eu faço com a minha bagagem? Grata pela atenção.

  • Pedro says:

    Por favor, pretend viajar da Estacao do Aeroporto Newark ate a Filadelfia. Estarei com uma mala gde, uma pequena e uma mochila. Sera que ocorrera algum problema? Ha lugar seguro para guarder a mala gde (pois, a pequena e a mochila estarao comigo)?
    Agradeco a ajuda !
    Pedro Paulo

  • clovis martins says:

    olá, Luna. . .amei o que vc fez!!!
    Seguinte: vou para Columbus Ohio no início de março de 2015, pois bem, quero depois ir para Nova Iorque de trem. . .vi que só há trem de Pittsburgh a Nova Iorque. . .é isso mesmo???
    Pittsburgh é a cidade com estação de trem mais próxima de Columbus???
    Se vc puder me ajudar com isto agradeceria!!
    Beijos, e muito obrigado. . .

    • Luna says:

      Ebtão, sobre as estações que o trem para eu realmente não sei informar. Mas o site da AMtrack é super explicadinho, e lá tem os itinerários todos
      informando direitinho pra onde os trens vão.
      De repente pelo site você consegue pegar uma informação de um shuttle bus ou então um outro transporte que possa fazer a ligação com esse lugares.
      Espero que dê tudo certo na sua viagem
      Beijos :)

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Copyright © 2011-2014 On The Right Track All rights reserved.
This site is using the Desk Mess Mirrored theme, v2.0.1, from BuyNowShop.com.